O Sistema Cooperativo Empresarial Unimed-RS, por meio da Unimed Central-RS, assinou, nesta quarta-feira, 15, Termo de Compromisso com a Secretaria Estadual de Trabalho e Assistência Social (STAS), repassando R$ 1 milhão para ser aportado no Fundo Estadual de Apoio à Inclusão Produtiva (FEAIP), em benefício de mais de seis mil pessoas em situação de rua em 25 municípios, a fim de colaborar no enfrentamento à COVID-19. Os recursos são oriundos de incentivos fiscais do ICMS.

O auxílio alcançará cerca de 50% dos moradores em situação de rua inscritos no Cadastro Único no RS, segundo a titular da STAS, Regina Becker. Para ela, a Unimed serve de exemplo para a sociedade que empreende em momentos tão difíceis para a sustentabilidade econômica do Rio Grande do Sul.

Realizada por meio digital, a solenidade, que contou com a presença do governador do Estado, Eduardo Leite, também reuniu o presidente da Unimed Central-RS, Jorge Guilherme Robinson, o vice-presidente de Relações Institucionais da Unimed Federação/RS, Manoel Pitrez Filho, e o diretor administrativo do Instituto Unimed/RS, Alcides Mandelli Stumpf.

Todos juntos
Para o governador, o projeto mostra que governo e sociedade estão “todos juntos”. “Não há uma divisão entre dois lados do balcão, em que o governo esteja de um lado e a sociedade do outro, e aqui vemos um exemplo dessa efetiva compreensão, significando melhoria de qualidade de vida para pessoas que realmente precisam. Além de promover cuidados nesse tempo de frio, são projetos para resgate de dignidade, autonomia e reinserção dessas pessoas”, detalhou.

Solidariedade na essência
Em sua manifestação, o presidente da Central, Jorge Guilherme Robinson, destacou o compromisso social da Unimed, lembrando o engajamento comunitário do Sistema, em respeito ao 7º princípio do cooperativismo. “Nossa essência é a solidariedade, por isso, é nosso dever agir neste momento de dificuldades, buscando oferecer melhores condições de vida aos beneficiados”, pontuou o dirigente.

Já o diretor do Instituto Unimed/RS, Alcides Mandelli Stumpf, lembrou que a parceria com o Estado é antiga, envolvendo desde ações de qualificação profissional a campanhas assistenciais, como a do Agasalho, que está em andamento.

Por Salus Loch

 

Digite a busca desejada e tecle [enter]